Noivas de Preto

outubro 10, 2008 at 10:48 pm 7 comentários

Símbolo da cerimônia de casamento e um dos itens que mais chama atenção, o vestido de noiva faz parte do imaginário das mulheres que sonham casar com todas as pompas a que têm direito. A escolha do modelo depende da celebração, do horário da cerimônia e do tipo físico da noiva… Quanto à cor do vestido, o branco ainda é o mais usado.
Foi a rainha Vitória que inaugurou, na Inglaterra, o primeiro visual noiva, tal qual o de hoje. Apaixonada pelo primo, o príncipe Albert de Saxe Cobourg-Gotha, ela tomou a iniciativa de pedi-lo em casamento (o protocolo de época dizia que ninguém poderia fazer tal pedido a uma rainha). Ele aceitou. Foi a primeira vez que se teve notícias de alguém casar por amor. Vitória foi mais ousada: acrescentou ao seu traje nupcial algo proibido para uma rainha na época – um véu (para provar sua identidade, em público, a soberana jamais se cobria). Nascia aí um costume que atravessaria o tempo e daria a Vitória o reconhecimento de trazer para a nossa época o amor, como sentimento básico para unir um homem e uma mulher. Com a chegada de uma nova classe social – a dos burgueses – criou-se um código para sinalizar quando a mulher era virgem: casar de branco. Era a garantia ao futuro marido de sua descendência, já que a virgindade significava a legitimidade da prole. Conforme os anos se passaram, o branco foi sendo usado no vestido de noiva, como símbolo de pureza. Hoje, o branco simboliza o casamento e é vestido por qualquer noiva, ainda que seja seu segundo casamento.

Em casamentos mais modernos, as noivas optam por outras cores de vestidos….beges, rosas, dourados, vermelhos, como as noivinhas chinesas e até…pretos. Acredito que, as noivas que optam pelo preto querem chocar, seja por protesto ou apenas para ser diferente dos padrões da nossa cultura. Como exemplo famoso, temos a esposa do apresentador Fausto Silva que se casou com um tomara que caia coberto de brilhos contrastando com o buquê branco. E nas novelas sempre pintam umas noivas revoltadas simbolizando o luto nas cerimônias de casamento. Mas, as NDP (Noivas De Preto…/piada amarela…ou preta ¬¬) não são grande novidade no mundo dos casamentos. Em meados de 1930, por mais estranho que isso possa parecer era moda casar-se de preto. A foto abaixo retrata o casal espanhol Purifiación e Miguel no dia de seu casamento.

Em 1967, foi lançado um famoso filme francês chamado a Noiva estava de preto, que traz a pior das imagens que a cor está associada: o luto e o mau, já que o filme, baseado no livro homônimo, segue os passos de uma viúva, cujo marido foi assassinado ao sair da igreja, logo após a celebração do seu casamento, na caça aos responsáveis pela morte dele. É considerado uma obra-prima entre os amantes (sem duplo sentido aqui) do genêro.

Numa colônia de imigrantes no Espírito Santo mantém vivos os rituais da antiga Pomerânia que não existem mais nem na Europa, na qual a tradição de casar de preto nasceu como protesto, no tempo em que a noite de núpcias era com o senhor feudal (para conhecer toda a tradição clique aqui).

Além disso, o grupo etnográfico Minho do Litoral, tradição portuguesa, também apresenta os trajes típicos de seus casamentos, e a grande característica do traje de noiva era, sem dúvida, a cor do vestido. E como preto era a cor do luto, a noiva minhota se casava e era sepultada com esse mesmo modelito. Outra particularidade era sua riqueza: um avental em veludo com vidrilhos de luar e coroa real. Também a barra da saia e os punhos da casaca eram enfeitados com vidrilhos. A cabeça era coberta com um véu branco. Ao peito levava o ouro da família e na mão um ramo com a flor de laranjeira.

Apesar de tudo isso, as noivas que optam por essa cor ainda conseguem chamar a atenção independente do motivo da escolha…mas, agora nós queremos saber: o que você pensa sobre as noivas de preto?
Anúncios

Entry filed under: curiosidades, vestidos de noiva.

Bring Sean Home Bonfim

7 Comentários Add your own

  • 1. Juliana Feliciano  |  outubro 11, 2008 às 12:22 am

    Meninas!Adorei a reportagem.Inclusive participei da organização de um casamento com uma noiva “dark”. Ela era muito bacana, mas era chegada em um rock’n roll.E se a noiva está feliz…de preto, amarelo ou qualquer outra cor…eu também! Sou a favor da originalidade e preservação da personalidade! Rs!Bjs

    Responder
  • 2. Dany Soares  |  outubro 13, 2008 às 12:56 pm

    Eu também sou a favor disso (originalidade e preservação da personalidade). Acho que se eu tivesse realmente coragem, me casaria assim, pra chocar mesmo (e também porque adoro preto), mas… minha forma de ser diferente será do detalhe preto em meio a um vestido branco. E muiti obrigada pela ajuda que o blog de vocês me deu. Acredito que meu modelito irá sair de algum daqueles vestidos que vocês postaram.Beijoks.

    Responder
  • 3. Mariana  |  outubro 17, 2008 às 2:22 am

    Já que o assunto da vez ronda ao ‘black’, gostaria de saber da possibilidade de vocês criarem um post relacionado a roupa para daminhas no tom preto.Atenciosamente,Noivinha…

    Responder
  • 4. dona perfeitinha  |  outubro 19, 2008 às 3:34 pm

    O preto é símbolo de elegância, sem dúvida, mas gosto mais do tradicional, sem polêmicas, o que me faz preferir as noivas vestindo cores claras. Não sabia sobre o vestido da esposa do Faustão. Ficou elegantérrima, mas não parecia a noiva, exceto pelo buquê. Se não tivermos um padrão de etiqueta, ninguém identifica ninguém. Em contrapartida, quem é convidado de um casamento sabe exatamente quem é a noiva e quem é o noivo, o que então faz a necessidade de um padrão ‘cair por terra’. Sempre repito que o que vale mais é a realização de um sonho, então, até casar-se de preto é válido, né?Um abraço,Talita.

    Responder
  • 5. Roberta Mix  |  outubro 22, 2008 às 12:29 pm

    Noivas de preto é demais!Meu sonho era casar de preto, mas meu medo de pagar mico é muito maior. Acho também que precisaria encontrar um noivo bem louco como eu para aceitar isso…rs

    Responder
  • 6. Anonymous  |  abril 28, 2009 às 5:02 am

    Outras cores até aceito. Mas acho o preto mórbido demais para um acontecimento tão feliz. Deixa pra usar o preto na festa do divórcio. =D

    Responder
  • 7. aninhareitz  |  dezembro 9, 2009 às 9:14 pm

    Bem legal a reportagem… Como dado histórico, no Oeste da Alemanha (não sei se essa região, mas na parte mais fria) foi por muito tempo costume casar-se de preto, pois como a neve é constante e o frio intenso, a cor branca está ligada com uma conotaçào de tristeza e até morte, então as noivas casavam-se de preto, pois essa cor estava ligada ao húmus (terra fértil) que surgia na primavera e era ligada a vida, fertilidade e properidade… além do mais muitos países tem em sua cultura não o preto como cor do luto, mas sim o branco, só nós ocidentais que temos essa visao tão pessimista dessa cor! Acho chiquérrimo e vou casar com um vestido de renda preta, inclusive!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

outubro 2008
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: